repete roupa!: semana 1: o mini vestido branco

quinta-feira

semana 1: o mini vestido branco



primeiramente queria dizer que: esse rolê de ter blog de moda vai me causar muitas comoções. vocês tem ideia de quão difícil é tirar uma foto que pareça que eu tenha uma cara normal? vocês entendem como essa tal de fotogenia é ardilosa e difícil? talvez vocês nunca saibam quão ridícula eu me senti tirando as primeiríssimas fotos, antes de qualquer coisa minimamente decente sair. eu tava prestes a desistir da coisa toda, descartar como uma ideia patética e desesperada, até minha mãe dizer que tudo a gente aprende a fazer e meu pai escolher uma parede melhor pra tirar as fotos. e eu tacar tudo pro alto e dizer "pai, vamos fazer umas fotos esquisitas, engraçadas ou só loucas mesmo, porque isso de
ficar posando de blogueira não é pro meu bico". papai, aliás, tá empolgadão dizendo que finalmente vai conseguir ser fotógrafo de moda e eu fiquei meio tipo.... aham só espero não ser a causadora de um desapontamento gigantesco quando esse blog não der em nada????
enfim, vamos ao vestido.



o escolhi pra começar esse ano louco por algumas razões. primeiro porque eu tava usando ele quando tive essa ideia destrambelhada, na segunda dia 2. e eu queria começar na segunda dia 2 porque se deixasse pra outro dia eu ia acabar desencanando da ideia, além disso quais são as chances sortudas de eu decidir começar um projeto anual bem na primeira segunda-feira do ano em questão? todos os astros diziam que eu tinha que fazer isso e que tinha que ser esse vestido branco.



além disso, pensei que muita gente vai estar com algum vestidinho branco sobrando do réveillon, e que melhor maneira de começar o ano do que mostrando que dá, sim, pra usar um fucking vestido branco de réveillon váriaz veiz!  (na verdade pensei isso exatamente agora enquanto escrevia o texto, mas é uma razão tão boa quanto qualquer outra, certo?)

por último, esse vestido é um achadíssimo, comprei um brechó alguns anos atrás e ele era compridão, pode até ser que fosse um vestido de noiva? e tem o decote nas costas que é uma das coisas que mais gosto no mundo das muódas. tentei usar ele comprido mesmo, até porque na época tava com umas vibes mais boho-chic do que atualmente, mas não rolava, era muito cara de aluguel de loja de festa. então transformei num mini e desde então ele tem sido meu companheiro, com um único porém: eu nunca tinha usado esse vestido de algum outro jeito que não fosse apenas ele, e, né, quantas vezes a gente quer usar o mesmo vestidinho branco do mesmo jeito?

segunda-feira tem fotos de todos os usos da semana, mas por enquanto vocês podem ficar com: euzinha pagando mico tentanto ser blogueira de moda:


9 comentários:

Carolina disse...

Mel! Já li duas das postagens e estou gostando de acompanhar essa sua mudança que o envelhecer (?), crescer (?), amadurecer (?) - ainda não sei como nomear, mas compartilho da sensação - traz. Já tive umas crises de "será que essa roupa é adequada pra mim?" Ou "Não, não preciso disso." Reavaliar que prazeres da vida eu vou manter não importa quanto dinheiro eu gaste e quais coisas não vou comprar nunca mais e pronto. A primeira coisa que parei de comprar na vida foi balas e chicletes. Tinha percebido que ia muito dinheiro numa besteira que nao me alegrava muito. Já faz 9 anos que não compro mais. Enfim. To divagando por suas reflexões. Vou acompanhar! Adorei!

Anônimo disse...

Concordo contigo… Parece que vou me inspirar em você!
Adorei a combinação de vestido branco com, com, com... você, afinal...
Louca para os próximos posts.

Bjsss

Mariana disse...

Adorei a proposta, Mel.

Anônimo disse...

Oi, aqui é a Bia (preguiça de logar).
Achei a ideia ótima e parece bastante difícil! :O
Sabe que ando meio em crise com minhas roupas. Elas são velhas (algumas tenho há 15 anos, JURO), estou de saco cheio, queria renovar o guarda-roupa, mas ao mesmo tempo odeio comprar roupas, morro de preguiça, sou mão de vaca e não gosto de brechós. Resumindo, não uso várias das roupas que tenho (também entra aí uma questão de efeito sanfona), não jogo fora as que não uso (esperança de entrar nelas de novo ou "ah, quem sabe eu uso um dia?") e tô enjoada das que eu uso. Tô empacada nesse dilema, mas não estou tão preocupada com ele porque tenho outros mais urgentes. Hahahaha...
Fiquei curiosa pra acompanhar sua saga e tenho certeza de que você vai conseguir cumprir o desafio! Estou ansiosa pra ver o resultado da semana 1. Fora que adoro ler as coisas que você escreve desde todos os outros blogs e é bom pra matar as saudades. <3

Camila Pestana disse...

Olá Mel,
Obrigada por tão útil blog este ano.
Será um prazer verdadeiro checar todos os dias e aprender como repetir roupas. Desejo a melhor sorte no projeto, embora todos saibamos que vai ser um sucesso só (ou muitos). Beijo enorme!

Sara com Cafe disse...

Adorei o vestido.
Nunca tive blog de modo pq acho que não faz meu estilo hahhaha
começo do ano é dia de renovar, então vamos lá =P

beijinhos
e feliz 2017.

mel disse...

gente eu tenho blog desde 2001 e acho que NUNCA tive 6 comentários numa mesma postagem.

carol: acho que amadurecer tem muito de desenvolver esse filtro do que realmente nos faz bem o o que não faz né, independente do dinheiro que gastamos.

bia: pra comentar sem logar é só colocar nome/url (a url pode ser deixada em branco)

sara com café: ÇOCORRO AMO SEU BLOG obrigada pela visita!

mariana, camila, anônimo: obrigada pela força!

Anônimo disse...

Olá, sou Flávia, e a ideia de pegar uma peça e formar vários looks é maravilhoso, uma pena q eu tenho essas ideias, coloco no papel... mas na hora de me vestir acabo usando o mesmo, calça legging, camisa e um saltinho...preciso me planejar.
Descobri o minimalismo com 21 anos, mas só agora com 22 que consegui parar de comprar coisas desnecessárias, sério acumulei 50% das minhas roupas só dos 19 aos 20 é pouquíssimo tempo eu sei...e pior q tem roupas q hoje não tem na da haver comigo, compradas a 1 anos atrás...eu era bem ligada á cores, cores quentes, azuis, violeta, ate sapatos coloridos eu tenho...e hoje eu estou amando cinza, nude...Parei de comprar e me desfiz do q não servia, mas continuo com roupas coloridas q só uso hje p dar uma quebrada, um destaque, parei de comprar acessórios, tenho brincões e uso da minha mae tbm rs. Vou propor o desafio de viver uma vida mais simples, não me preocupar tanto com aparência e me sentir mais leve. Quero chegar pelo menos aos 28 minimalista, pelo menos nas coisas da minha casa. Por enquanto vou aprendendo com você. Obrigada!!Beijos! Sucesso!

Tuany Reis disse...

Vou te acompanhar adorei o vestido e boa sorte no seu desafio! Eu também estou nele de 1 ano sem compras