repete roupa!: semana 3: como repetir roupa e influenciar pessoas

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

semana 3: como repetir roupa e influenciar pessoas

sei que parece loucura - LOUCURA - mas em suas duas semaninhas meu pequeno blógue já tá tendo suas repercussões.

a leitora r., que prefere não ser identificada, mandou essa foto e disse "saiba que você já está influenciando alguém!". na imagem, ela usa vestido de bolinhas como saia.


vestidos, gente, são as peças de roupas mais legais e mais versáteis, porque eles sempre podem ser usados como blusa ou como saia e aí você tem três possibilidades de visu com a mesma roupa, acho incrível.

a leitora mari disse que desde que entrou em contato com minhas ideias de consumo minimalista está num processo de arrumação e organização eterno, e que faz dias está separando o que doar, o que jogar fora, o que vender, tudo pra otimizar ao máximo o espaço que tem em casa e a utilização real das coisas que sobrarem.


mari também contou que desde que começou essa limpeza, várias coisas boas apareceram, como oportunidades de emprego por exemplo. além do que, o feeling que fica é muito bom, né, de limpeza da alma também, parece.

eu, no momento, tô penando pra não comprar essa camisa jeans, que ia completar meu guarda-roupa de maneira magnífica: ela é neutra, então dá pra usar com tudo, tem manga curta então é ótima pra trabalhar no verão (e vocês tem noção de como é difícil achar camisa de manga curta?), e ela tem esse detalhezinho nas costas que simplesmente conquistou meu coração.


não vou comprar! essa semana já comprei um maiô - foi uma emergência, foi necessário - mas camisa com certeza é algo que eu não preciso.

fora isso, adotei uma cachorra que apareceu na minha porta e se chama matilda, então taí mais alguns gastos não previstos que terei a partir de agora. 

de resto, minha resolução de não consumir nada supérfluo continua, e esses dias no trabalho reparei que eu já sou naturalmente minimalista (apesar de curtir umas cores e estampas doidonas no vestuário): eu não faço as unhas nem da mão nem do pé, eu não uso nenhum tipo de produtos pro cabelo que não shampoo e condicionador e também não uso nada pra pele fora meu hidratante, e também não passo maquiagem. me recuso a comprar e passar no meu corpo produtos que só existem pra fazer as mulheres se sentirem mais inadequadas e acreditarem que precisam de cosméticos pra melhorarem. nós somos todas naturalmente awesome, e já disse bey:



Nenhum comentário: