repete roupa!: semana 12 - um vestido de bolinha usado de 6 maneiras

segunda-feira, 27 de março de 2017

semana 12 - um vestido de bolinha usado de 6 maneiras


esse vestido é um dos meus favoritos - comprei em brechó, foi baratíssimo, é soltinho e curtinho, e bolinha, né gente, quem não gosta de estampa de bolinha boa gente não pode ser (talvez possa ser sim, mas vamos acreditar na força da expressão só pelo esforço narrativo, me ajudem)

ele tem duas características que poderiam ser problemas mas não são porque todo o resto dele é maravilhoso: a gola fechadona (um tipo de decote que eu não tenho costume de usar, então quando uso fico com calor no pescoço, acho mega desconfortável) e o preto e branco (que eu particularmente não gosto, mas sendo de bolinha sempre rola). a gola fechada desse vestido até dá um calorzinho no pescoço, mas não incomoda. e o resto dele é tão fresquinho e soltinho que compensa, acho.



essa é outra peça que até eu decidir repetir eu nunca tinha usado de jeito algum que não fosse como ele é: um mini vestido. essa semana aproveitei pra testar umas ideias que eu já tinha tido quando fiz a consultoria a distância na semana 8. also, na semana 10 já tinha me aventurado a usá-lo por baixo de outro vestido.

para as fotos, eu e namo tínhamos escolhido um muro legal por aí, mas enquanto esperávamos um horário em que a luz natural estivesse boa, namo teve um momento artista ao olhar pra parede da sala e notar que a iluminação tava maravilhosa. testamos algumas fotos, que ficaram lindas, mas enquanto tirávamos as fotos FOR REAL o sol, claro, foi se mexendo, as nuvens também, então ficou um carnaval de sombras e reflexos diferentes em cada foto - mas essa baguncinha assim é meu jeitinho, né.

teste de luz com vestido amassado, pantufas do regular show e prateleira de livros aparecendo. mas a luz tava linda mesmo, hein, namo manja das coise

vamos aos visus! (e aos gifs e aos photobombs da matida)





  • segunda, 20 de março

como sempre comecei de leve, o vestido continuou sendo vestido mas ganhou uma barra colorida graças a outra saia que coloquei por baixo. comentei no instagram que achei o resultado meio festa junina, mas todas ama festa junina não é mesmo, então tudo bem. maxi cardigan cinza é meu grande companheiro de aventuras pra tempos mais fresquinhos, acho que ele deixa qualquer visu mais interessante por ser compridão assim.



  • terça, 21 de março

virei o vestido de trás pra frente pra criar uma ilusão de gola e usei como blusa. eu jamais na vida tinha usado uma roupa de trás pra frente (embora desde que vi no man repeller a lenadra medine usando uma camisa de trás pra frente sempre tive vontade. a camisa não consegui, acho que atrás fica bonito, com os botões e tudo o mais, mas na frente fica estranhíssimo)


pra ser bem honesta na terça eu estava com outro sapato, mas na hora de tirar as fotos coloquei esse keds e só percebi depois. namo ofereceu pra fotografar esse visu de novo, porém: 1 - eu estava com preguiça; 2 - achei que o keds ornou mais com a roupa do que o sapato que realmente usei, entonces....


  • quarta, 22 de março

na quarta resolvi me aventurar no mundo das sobreposições, outro ensinamento de leandra medine que eu nunca tinha realmente conseguido colocar em prática. antes de começar esse blog todas as minhas tentativas de sobreposição ficavam parecendo a mary-kate olsen na fase mendiga chic, e, né, ela é rica e famosa, já eu ainda não posso sair andando por aí parecendo que vesti todos os cobertores que encontrei na rua.


depois das minhas experiências na semana 10 e na semana 11 com sobreposição de vestidos, decidi ir mais além ainda e cumprir a cartela man repeller de ser: fazer a roupa em questão quase sumir de tanta coisa por cima. gostei do resultado, achei a combinação de cores e o mix de estampas ótemo, mal posso esperar pro tempo esfriar um pouquinho mais pra eu poder ousar de verdade nessa brinks de sobrepor roupas.



  • quinta, 23 de março

gente, preciso admitir que sempre que dá essa primeira esfriada outonal eu acabo usando um visu assim: calça skinny, alguma blusa, esse blazer. é meu uniforme de início de outono, acho um visu super boring e preguiçoso, porém: faz o maior sucesso. a blusa pode ser a que for, acho que o que pega é o combo skinny+blazer, as moçoila tudo curte. 


no entanto esfriou mas não esfriou tanto assim, então sempre importante pensar num visu que funcione quando chega aquela horinha do almoço e bate (a fome e) um calorzinho não tão ameno assim. nesse sentido, essa roupa funcionou que é uma beleza; tirei o blazer e fui feliz, confortável e até que estilosinha durante o resto do dia.


  • sexta, 24 de março

na sexta repeti uma ideia que tive lá na semana 10 de usar esse lenço na cintura. acho que fica lindo, dá um tchans pra roupa sem precisar de muito acessório, e é uma estratégia que dá pra usar com o visu mais básico - então se você é do tipo jeans-e-camiseta, dá pra criar um interesse na combinação simples sem emperiquitar, sem exageros, apenas um toque pra mostrar pro mundo que você pode ser básica, mas não quer dizer que não seja criativa! 

a bem da verdade por causa do caimento da saia o lenço não ficou muito parado no lugar, mas deu tudo certo e tava lindo. pela minha experiência, colocar o lenço por cima de uma peça que tenha a cintura mais fixa é melhor.


  • sábado, 25 de março

quis montar um visu radical alternativo apesar de ter sido um sábado letivo pra mim (7 horas de conselho escolar, gente, 7 horas decidindo o destino dos meus alunos num sábado). esse shorts até recentemente era uma calça, mas esses dias olhei pra ela e decidi que como calça ela não estava me deixando satisfeita, então vou tentar usar como shorts pra ver se dá certo.

quanto ao visu, eu tinha visualizado o vestido caindo mais fluidamente dos lados, mas não achei o resultado ruim - pra mim, tudo que sai um pouquinho do óbvio, do todo mundo faz, já é uma batalha ganha. 


essas botas de oncinha são ótemas, mas eu preciso admitir que queria ter usado minhas outras botas (elas apareceram aqui na semana 3), que são mega confortáveis e de qualidade incrível - comprei em 2011 e elas mal tinham se desgastado até hoje. usei essas botas como exemplo até no meu post das regras, onde digo que só posso comprar algo se for pra substituir algo que estragou. no post digo que duvido que essas botas estragariam, e acho que elas teriam mesmo durado por muitos e muitos anos, caso minha cã matilda não tivesse elegido justamente esse maravilhoso par de sapatos pra comer. cara, não queria admitir isso mas CHOREI quando vi a bota toda mastigada, primeiro porque não queria ter comprar outra - afinal, a ideia era ficar pelo menos esse ano sem comprar nada - mas principalmente porque sei que as chances de eu encontrar uma bota com a mesma qualidade, o mesmo conforto e o mesmo design vai ser impossível. estou chateadíssima, gente, e mais ainda porque fui ao sapateiro hoje com uma ideia incrível de como consertá-la, mas ele se recusou a fazer. 

inclusive, se alguém souber de um sapateiro bom em são paulo, que tope fazer um conserto fora da caixa, que tenha uma visão um pouquinho mais criativa, eu agradeço se puderem indicar!



(esse gif dá pra notar bem as andanças do sol enquanto a gente fotografava, ficou assim meio conceitual - só não sei exatamente qual é o conceito)


nessa semana (a semana 13), ainda tô na dúvida do que repetir. hoje usei um visu com três peças, então uma delas vai ser a ganhadora do bingo, só ainda não sei dizer qual.



Um comentário:

Larissa Rosa disse...

Conheci seu blog através da @soshopaholic e fiquei encantada com o seu desafio! O armario capsula não deu certo comigo porque eu sempre estou dando uma limpa no meu guarda roupa e não costumo comprar muitas peças (já que a maioria que eu tenho chegou aqui através de umas trocas que fiz com a minha tia hahahah não serve mais pra ela, mas pra mim sim!)
O que mais me chamou atenção aqui foi o seu jeito de encarar o consumo consciente, achei massa o seu ultimo post e principalmente na parte onde você disse que ultimamente tudo é tendência. Ou as pessoas odeiam ou amam.
Estarei acompanhando a partir de agora bem de pertinho! E já quero saber a peça da proxima semana!