repete roupa!: semana 36 - uma saia evelope pintada à mão, 4 jeitos coloridos de usar

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

semana 36 - uma saia evelope pintada à mão, 4 jeitos coloridos de usar


vamos começar com as devidas desculpas: queridas leitoras (e leitores), eu falhei. as regras ditam que eu devo mostrar pelo menos 5 visus com a peça da semana - mas essa semana, gente, foi feriado. eu absolutamente não tinha motivos pra usar roupas na maior parte da semana, e pra falar a verdade se eu realmente tivesse respeitado a falta de necessidade de roupas esse post só conteria 3 visus. mas eu quis fazer um esforço extra e fui ao supermercado vestida de roupas e não de pijama só pra poder cumprir meu compromisso blogueiro.

agora sobre a saia: isso na verdade é um pedaço de pano em formato esquisito no qual minha vó colocou uns ganchinhos pra poder prendê-lo ao redor do corpo e chamá-lo de saia. talvez essa seja a definição do que é uma saia. outra coisa legal que minha vó fez foi pintar esse pássaro doidão na saia, porque convenhamos que um pedaço de pano branco amarrado na sua cintura não é o que nós chamamos exatamente de LOOK DO DIA não é mesmo, então taí, uma saia pintada à mão pela minha vó nos anos 60.


mas vejam bem, se por um lado minha vó era a pessoa que usava as roupas esquisitas e tinha um estilo meio maluquinho, por outro ela ainda era muito comprometida com as regras sociais. ela só usava essa saia na praia. porque aparentemente uma mulher de respeito não usa uma saia envelope de formato esquisito estampada com uma fênix que tomou ácido na cidade grande. esse tipo de coisa é aceitável na praia, onde estão todos meio pelados mesmo então só há vantagens em usar tal peça de vestimenta estranha. na praia todo mundo meio que ~~perde as estribeiras~~ né? era assim que minha vó perdia as estribeiras, vestindo essa saia. uma vez que a família estava de volta em terras paulistanas vovó voltava a se vestir com elegância sem barriga aparecendo sem cores vibrantes sem pássaros exageradamente verdes.

já eu? bom, ao que parece não sou uma mulher de respeito, porque honestamente depois da semana passada usando preto, nada melhor que trazer um pouco de cor (VOCÊ QUIS DIZER: TODAS AS CORES DO UNIVERSO) pra essa cidade cinza do que usando uma saia que me faz parecer figurante de um filme do elvis no havaí.


então vamos aos (poucos, mas caprichados) visus!

  • segunda, 4 de setembro

tava friozinho e eu tinha acabado de me vestir de preto por uma semana, então decidi que o melhor jeito de lidar com as cores todas da saia era complementando com o neutro mais agradável da praticamente infinita paleta de cores vistas pelo olho humano. esse body e esse cardigan: gosto dessa combinação porque é neutra e confortável, e eu posso usar com absolutamente todas as minhas partes de baixo - afinal, cinza fica bem com tudo - e sempre ter um visu novo. 


sabe aquela história que a gente lê por aí em blogs que supostamente querem te ajudar a ter um guarda-roupa versátil, aí te dizem que é bom investir em partes de baixo básicas e/ou clássicas e em partes de cima diferentes, coloridas, estampadas, etc? pois é, eu acho essa história a maior furada, vocês me desculpem. não importa se é parte de cima ou de baixo, a gente tem que investir em algumas peças que sejam impactantes, diferentes e nos representem, e em outras peças básicas pra, né, poder combinar as roupa tudo. eu sou do time básico em cima e diferentão embaixo. prefiro ter mil saias de comprimentos, cores, texturas, modelagens e caimentos diferentes e uma blusinha branca, do que ter três calças chatas e uma saia monótona e váriaz'blusinha colorida. o segredo não está nas peças que temos, mas em como escolhemos combiná-las.


  • terça, 5 de setembro

na terça eu ainda estava focada em "abaixar o volume" da saia. sei que muita gente só combinaria uma saia colorida como essa com peças neutras, então decidi montar um visu neutro com um twist. camiseta branca e saia preta, itens amados pelas basiconas, mas aí eu mudo um pouquinho o conceito com a sobreposição de saias. 

essa saia preta assimétrica se mostrou esse ano uma grande companheira de sobreposições, e é comum que me perguntem se a roupa estava confortável. não sei porque essa saia, que é uma das minhas roupas mais confortáveis, cria essa ilusão de desconforto. a mulher padrão começa o dia já com três camadas de roupa: sutiã, blusa, terceira peça. mas quando a camada é embaixo, só porque não é comum, achamos que é desconfortável. vocês me desculpem mas desconfortável é usar sutiã. desconfortável é aceitar padrões de como temos que nos vestir sem nem questionar nada. desconfortável, plmdds, é calça jeans. uma saia em cima da outra é apenas: diferente.

(minha reação quando me perguntam o que eu penso sobre calça jeans)

  • quarta, 6 de setembro

eu tenho um aluno particular de quarta daquele tipo que a gente sabe que vai desmarcar a aula na véspera do feriado, mas eu tava torcendo dentro de mim pra ele não desmarcar porque, né, preciso usar roupas pra manter esse blog ativo. ele desmarcou. porém, como boa brasileira que não desiste nunca, decidi tirar meu pijama pra ir ao supermercado. ao mesmo tempo não queria mega pensar em roupa só pra fazer compras, então coloquei essa camisa oversized e saí tão confortável quanto se estivesse de pijama. e isso, senhoras e senhores, é o que eu chamo de roupa boa.


  • sábado, 9 de setembro

na quinta e na sexta me afoguei na preguiça do feriado e passei os dias em casa de pijama assistindo bojack horseman pra me preparar pra temporada nova. preciso dizer, foi ótimo. bojack horseman combinou muito com meu humor, com como eu tava me sentindo, e de quebra ainda vi esse vídeo da ilustradora do desenho falando um pouco sobre seu processo criativo e sobre lidar com procrastinação, falta de vontade, tristeza e etc.  



no sábado eu e namo fomos almoçar na casa dos meus pais e eu queria muito usar essa saia como vestido porém ela ficou horrorosa, parecia que eu tinha me embrulhado na toalha que menos me valorizou na história do universo, mas resolvi o problema colocando a parka por cima. talvez eu tenha passado calor. mas o que importa é que o visu funcionou.


hoje começou a semana 37 e tô pensando em voltar pros neutros e pros cinzas. faz tempo que eu não repito roupa cinza né? dá pra acompanhar os visus pelo stories no instagram, ou ver tudo aqui em fotos caprichadas na segunda que vem!


4 comentários:

Adriana Nascimento disse...

Super concordo contigo no que se refere à parte de baixo do visu.
Prefiro uma calça colorida ou rasgada, ou com algum detalhe mais tchan e uma parte de cima mais basicona. Daí coloca um lenço ou um colar super legal e pronto! E só variando o acessório, já dá pra mudar a cara do look.
Tenho achado mais fácil inovar na parte de baixo.

Andressa Goltarde disse...

Queria ver a parka amarrada na cintura. Amei a ilustração da sua avó na saia

Lari Rosa disse...

Também sou do time basico em cima e diferentão em baixo!! Amo amo amo!
E sinceramente os dois ultimos looks foram os meus preferidos <3 Você arrasa demais, Mel! É a minha inspiração <3

mel disse...

andressa, eu não costumo usar essa parka amarrada na cintura, acho muito pesadona!